Archive for abril \18\UTC 2008

Fluminense 1×0 LDU

abril 18, 2008

Vitória tranqüila com o Cícero sendo decisivo marcando o gol da  vitória, com uma bela cabeçada. Desfalcado de Thiago Neves, Washington e Dodô, não tivemos dificuldade diante do também desfalcado time da LDU. Foi o suficiente para garantir o primeiro lugar do grupo e, bem possivelmente, de toda a primeira fase da Libertadores.  Agora é se desligar da Libertadores momentaneamente e pensar no Botafogo, cujo jogo no domingo decidirá o Título da Taça Rio.  Vamos que vamos, Fluzão!

Anúncios

Fluminense 1×1 Vasco (5×4)

abril 15, 2008

Pronto. Fluminense classificado para a Final da Taça Rio. Jogará contra o Botafogo que venceu o Fla por 3×0. O jogo começou super bem para o Flu, praticamente não deixando o Vasco avançar. A partir dos 20 minutos o jogo passou a ficar equilibrado, mas em nenhum momento o Fluminense foi dominado pelo Vasco, tanto que, além do gol, o Vasco só chegou a chutar com perigo numa bola do Edmundo em que o Fernando Henrique colocou para escanteio.

Foi um jogo bastante disputado, dando esperanças de que, mesmo se o jogo estiver ruim o Fluminense pode reagir.

Dessa vez não teremos que viajar para o exterior no meio da semana. No entanto, temos um jogo nesta quinta-feira frente à LDU valendo a liderança do grupo na Libertadores. Pelo que ouvi do Renato Gaúcho, ele colocará o time titular em campo para alcançar a melhor posição possível em relação a todos os times que disputam a Libertadores, mas sinceramente eu teria colocado alguns reservas para descansar alguns titulares para que entremos contra o Botafogo com o time mais descansado.

Portanto, quinta-feira (19/4) contra a LDU pela Libertadores, e domingo (20/4) contra o Botafogo pela Final da Taça Rio. 2 vitórias serão muito bem-vindas.

Arsenal 2 x 0 Fluminense – derrota chata

abril 12, 2008

Eu até diria que essa derrota veio em boa hora, mas nunca considero boa uma derrota do Fluminense. Mas ao menos quando ela veio não mudou muita coisa, pelo menos dentro do grupo. Só mudou a classificação total do Flu na Libertadores.

Havíamos goleado o Madureira com o time reserva  no domingo e nesse jogo o Washington se contundiu. Mas essa ausência já era esperada para o jogo em Buenos Aires, que aliás contou com um bom número de tricolores.

O próximo jogo do Flu na Libertadores é no Maracanã contra a LDU. Um empate garante a primeira colocação no grupo, mas o Renato quer a vitória para garantir uma melhor posição do Flu e uma possível vantagem sobre mais times nas fases posteriores. A vantagem citada é a de jogar o segundo jogo dentro de casa. Mas agora o Fluminense tem que se desligar da Libertadores e se voltar para o jogo contra o Vasco neste sábado, pois é um jogo decisivo pelas semifinais da Taça Rio. E só vencendo a Taça Rio que continuaremos lutando pelo título do Campeonato Estadual do Rio.  Vamos lá, Fluzão.

Isabela

abril 6, 2008

Queria ter comentado sobre isso antes.

Não consigo deixar de ficar triste e até de  chorar ao ler notícias ou ver imagens na TV sobre o assassinato da menina Isabela.

Certo, é mais uma entre muitas outras crianças que sofrem com a violência, inclusive muitas delas, a maioria até, das camadas mais pobres da sociedade, mas não se pode fechar os olhos para algo que ocorre com uma criança. Muito triste.

Embora esteja quase nítido o que ocorreu, ou pelo menos quem praticou a violência, vamos esperar para que o(s) culpado(s) sejam descoberto(s) e punido(s).

Fluminense 2×0 Libertad

abril 6, 2008

O Fluminense nem precisou ser excelente para vencer o jogo. Bastou jogar com respeito ao adversário, firme e não dando espaços ao Libertad para conquistarmos a vitória.  Poderia ter sido de 3 ou até 4, mas não precisávamos de mais. Por isso, está muito bom. A vitória nos classificou antecipadamente para a próxima fase. A torcida estava linda, com o pó-de-arroz em grande força, sinalizadores, o 1952 da Legião Tricolor fazendo bastante sucesso e nossas lindas músicas de incentivo ao time. É muito bom ver um movimento como a Legião cantando só músicas para incentivar o time e não para elevar o seu nome.  Só acho que a nossa torcida deveria esquecer, pelo menos nos jogos da Libertadores, dos nossos rivais estaduais, afinal, não tem nenhum deles lá no Maraca.

Triste para a nossa história é que essa foi a primeira vez que avançamos de fase na Libertadores. Só de pensar em 1971 dá raiva, mas esqueçamos isso agora.

Agora é pensar nos dois últimos jogos. Há uma grande possibilidade de conquistarmos o primeiro lugar geral na primeira fase. Se realmente acontecer isso, temos que aproveitar as vantagens disso, ou seja, de jogar sempre a segunda partida do mata-mata no Maracanã.  Mas se isso não acontecer, alguns confrontos podem ocorrer com o segundo jogo fora de casa.

O próximo jogo será na quarta-feira em Buenos Aires contra o Arsenal. Devo assistir pelo computador no canal da Fox Latina. E o próximo jogo no Maracanã será contra a LDU e infelizmente a possibilidade de eu não comparecer é grande.  Vamos ver se ocorre alguma surpresa até lá.

Amanhã tem Flu x Madureira em Edson Passos.  Quase ninguém está ligando para esse jogo. O campeonato ficou sem graça pois já foram definidos os quatro semifinalisitas com duas rodadas de antecedência.  É esperar então o próximo final de semana com os confrontos já definidos.

E continua a Libertadores

abril 2, 2008

Hoje o reencontro do time do Fluminense com o Maracanã e com a Libertadores, após aquele magnífico jogo contra o Arsenal. Espero que hoje tenha casa cheia, e uma boa vitória para que o Flu garanta de vez a classificação para a próxima fase.

Não ligo se o Flu fica em primeiro ou segundo, pois mais pra frente é tudo difícil, e o time tem que encarar desse modo. Para mim tanto faz, o primeiro jogo em casa ou fora de casa. O importante é saber jogar um mata-mata e armar um esquema para vencer no resultado agregado. Mas primeiro tem que garantir a classificação.

Vamos vencer, Nense!

Depois de uma goleada sem graça, uma derrota idem

abril 2, 2008

Perder para o Bota foi chato, mas nada demais. Time reserva. Aliás, reserva do reserva, pois alguns ali nem no banco ficavam.

Mas o que esperar se no mesmo time jogavam David, Romeu, Gustavo Nery e Fabinho?

Mesmo com o time mostrando em alguns momentos uma força de vontade maior que a do Bota, a diferença técnica era gritante. O terceiro gol então, a defesa pediu para levar, pois o Botafogo perdia a bola e os nossos defensores  adevolviam.

E olha que o time quase conseguiu um empate. O juiz resolveu dar uma pequena ajuda aos chorões, primeiro barrando um ataque que daria o empate do tricolor, e logo depois marcando um gol que, para mim e alguns jornalistas, nunca que entrou. Mas vamos lá, como disse a torcida: “Libertadores, quarta-feira (hoje) estamos aí”.