Além Tejo – de Catarina Pereira Araújo

Recebi o livro acima de presente de minha amiga Lilian Azevedo, recém chegada de Lisboa.  Comecei a percorrer suas linhas assim que vinha do trabalho, e logo vi que não dá para parar. `Posso estar enganado, mas, ao que tudo indica, será uma leitura bastante cativante. Ultimamente tenho mantido mais contato com a literatura portuguesa.  Se antes era só de Camões, Saramago, Pessoa, Eça, Camilo Castelo Branco e todos aqueles que tive contato nos dois semestres de Literatura Portuguesa na UFF, passei a ler recentemente outros portugueses igualmente talentosos, como Alice Vieira eMia Couto.  Espero que Catarina Pereira Araújo também entre nesse time.

Por falar na autora, vasculhei pela net e encontrei seu blog, que faço questão de indicá-lo. Chama-se O portal dos sonhos e você o encontra aqui: http://oportaldossonhos.blogspot.com/

O livro também tem um blog: http://alemtejolivro.blogspot.com/

Abaixo, uma sinopse do livro:

Além Tejo é uma fascinante saga familiar, uma deliciosa história de amor e um testemunho vívido do Portugal amordaçado pela ditadura e o obscurantismo.
Estamos na década de cinquenta e a família de António do Couto Maia deixa Lisboa para se fixar em Moura, no Alentejo. A decisão é do chefe de família e surpreende tanto a mulher como as filhas, que não compreendem o que leva um homem de meia-idade a abandonar subitamente a sua confortável vida na capital para mergulhar num Alentejo desconhecido.
É através do olhar inquiridor de Isabel, a filha mais velha, que assistimos ao conflito entre dois mundos: o da cidade, representado pelos recém-chegados, e o mundo rural, que os recebe com desconfiança. Inicialmente atraída pela beleza da vila alentejana, a jovem é confrontada com a prepotência dos senhores e com a miséria dos camponeses, num lugar onde qualquer tentativa de mudança é imediatamente esmagada. O seu sentido de justiça leva-a a colidir com Eduardo Leôncio Teles, o herdeiro da maior fortuna da região, iludindo, assim, a forte atracção que sente por ele. Ao mesmo tempo, Isabel envolve-se nos acontecimentos da vida rural, enquanto tenta descobrir o segredo que levou o pai a esconder-se no Alentejo, arrastando a família para uma existência tão difícil.

(retirado do blog: http://as-leituras-da-fernanda.blogspot.com/2010/06/alem-tejo-de-catarina-pereira-araujo.html )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: